As irmãs em Auschwitz – Dune Macadam

1
567

Fazer essa resenha me custou semanas sem sono.

Como sabem sou historiadora. Segunda guerra mundial foi sempre um lado muito obscuro da história da humanidade.

Auschwitz sempre foi uma incógnita, como saber o que aconteceu lá? Graças aos céus pessoas sobreviveram, e nós podemos saber as atrocidades que aconteceram lá.

 Esse livro me foi dado pelo meu marido Francisco de presente de natal. E assim que tive a oportunidade eu o devorei, li as 416 páginas em 2 dias.

 Rena e sua irmã foram sobreviventes do inferno. Sim, lá era o inferno.

Ludibriadas pelos alemães, foram voluntariamente para Auschwitz com o propósito de trabalho em tempos de guerra.

 Foram junto com outras milhares de mulheres as primeiras a chegarem em Auschwitz. Lá viveram todo tipo de sentimento mas o medo foi o maior de todos.

Rena e Danka eram polonesas de uma cidade perto da Eslovaquia. Elas fugiram dos nazistas com a ajuda de amigos mas para que sua família não ser levada, Rena se voluntariou. Danka foi atras da irmã, chegou ao inferno logo depois.

Rena era o numero 1716.

Passou pouco mais de 3 anos no campo de concentração. Trabalhou no carregamento de tijolos, terra, “Canadá” e na lavanderia. Canadá era o lugar que onde eram levados os pertences dos judeus assim que chegavam lá. Salvou vidas deixando de se alimentar para passar parte de sua comida para os superiores. Foi humilhada, espancada, pisoteada.

Na lavanderia Rena experimentou o amor.

Depois que a guerra acabou, antes dos soviéticos e os americanos chegarem nos campos, os alemães fizeram os sobreviventes a marcharem por 50 quilômetros até Berlim, a chamada Marcha para Morte.

Ler esse livro me fez chorar, muito, em vários momentos. Fiquei sem dormir, um nojo embrulhou meu estomago em diversas vezes.

Eu já estive lá! Em uma viagem à Polonia conheci aquele lugar, em 2004. Mesmo quase 60 anos depois do final da guerra, o lugar ainda cheirava a morte.

signature

Um comentário

  1. Achei a história muito interessante. essa foi uma época muito obscura da história da humanidade, imagino o quão forte essa leitura deve ser.

    Parabéns pela resenha.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here