Artistas dos Ossos – Madeleine Roux

0
529

Cedido pela V&R à Arca Literária, da série Asylum, de Madaleine Roux, Artistas dos Ossos é um livro/epsidio. Lançado antes do terceiro livro da série, ele é conhecido também como livro 2,5.

Confesso que não li nenhum livro da autora mas mesmo assim consegui compreender a história perfeitamente, o que me levou a crer que esse livro é de leitura que independe das outras.

O livro que tem pouco mais de 100 páginas, conta a história de Oliver, um garoto nos seus 17 anos que está prestes a entrar na Universidade do Texas. Fez da vida por ter a chance de sair da cidade que ele acreditava não ser para ele, Oliver combina de encontrar seu amigo Micah e sua namorada Sabrina.

Oliver é de família tradicional na cidade, donos de um antiquário, que o mesmo detesta, ele sempre está sem dinheiro mas para resolver esse pequeno problema ele faz uns servicinhos para Briony, uma mulher esquisita, misteriosa.

Esses servicinhos inclui também seu amigo Micah e consiste nada mais nada menos que tirar coisas de túmulos. Objetos que são encomendados a eles.

No ultimo passeio ao cemitério o que é encomendado aos garotos soão ossos. Oliver fica apavorado pois são quase pegos pela polícia e isso faz com que ele queira cair fora, já o seu amigo é contra pois o dinheiro envolvido é muito grande.

Oliver é muito cabreiro sobre tudo o que está acontecendo e fica mais ainda quando conhece Maria. Essa senhora fala a ele sobre as pessoas que usam os ossos, os chamados Artistas dos Ossos. Ela não dá muito explicação pois segundo ela quem fala muito nestas pessoas atrai o mal. E esse mal seria ligado a magia negra. Sair desta vida não seria fácil.

Será que Oliver conseguiria? Afinal de contas não se pode brincar com pessoas que moram em Nova Orleans e pagam por ossos humanos, certo?

O livro é muito envolvente, de linguagem muito fácil, pode ser lido em uma sentada. É considerado um suspense, o que eu particularmente adoro. As páginas amareladas e as letras grandes são perfeitas.

E a capa? A capa é simplesmente linda!

Resenha de Dani Cabral, resenhista do Arca Literária e do blog Magia e Letras

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here