Apenas um dia – Gayle Forman

0
710

Sinopse: A vida de Allyson Healey é exatamente igual a sua mala de viagem: organizada, planejada, sistematizada. Então, no último dia do seu curso de extensão na Europa, depois de três semanas de dedicação integral, ela conhece Willem. De espírito livre, o ator sem destino certo é tudo o que Allyson não é. Willem a convida para adiar seus próximos compromissos e ir com ele para Paris. E Allyson aceita. Essa decisão inesperada a impulsiona para um dia de riscos, de romance, de liberdade, de intimidade: 24 horas que irão transformar a sua vida.
Apenas um Dia fala de amor, mágoa, viagem, identidade e sobre os acidentes provocados pelo destino, mostrando que, às vezes, para nos encontrarmos, precisamos nos perder primeiro… Muito do que procuramos está bem mais perto do que pensamos.


Resenha: Alysson Healey tem dezoito anos  e agora que terminou o ensino médio ganhou de presente dos pais uma viagem para conhecer alguns países da Europa.Após várias semanas ela está cansada de ser a única do grupo que fica no hotel  todas as noites assistindo filmes no quarto.Quando a viagem chega ao fim o único lugar em que ela não foi é Paris.Passeando em uma praça em Londres ela conhece Willen,um jovem ator holandês que interpreta peças de Shakespeare nas praças.Ao saber que Alysson deseja ir a Paris ele decide leva-la e mostrar a cidade à ela.Pela primeira vez na vida Alysson  decide se arriscar.Ir a Paris com um rapaz completamente estranho,conhecer lugares e comidas exóticas e ser apenas por  um dia alguém diferente,livre,sem pensar no amanhã.Mas essa loucura pode mudara sua vida de uma maneira que ela jamais poderá ser a mesma.

Apenas um Dia foi uma surpresa pra mim.Iniciei a leitura sem grandes expectativas já que a sinopse não traz nada  que tivesse chamado a minha atenção.Mas logo que comecei a ler me interessei e a leitura seguiu dessa maneira até o fim.

Passando por vários lugares na França e na Holanda e mergulhando nas peças de Shakespeare o leitor acompanha Alysson na procura e descoberta do amor e também de si mesma.Alysson é uma personagem ingênua,introvertida,sufocada pela proteção da mãe.

“E as pessoas que fingimos ser já estão dentro de nós.É  por isso que fingimos ser essas pessoas.”

A segunda parte do livro foi a que mais gostei.Foi interessante acompanhar o crescimento interior de Alysson.O livro fala de amor,amizade e a descoberta de quem somos,ou o que podemos e queremos ser.

“Ainda estou questionando sobre Lulu.Talvez tenha sido só o nome.Talvez tenha sido apenas faz-de-conta.Naquele dia eu realmente me transformei  em Lulu.Talvez não a Lulu do filme ou a verdadeira Louise Brooks,mas minha própria idéia do que Lulu representava.Liberdade.Ousadia.Aventura.Dizer sim.”

Apesar de ser uma história clichê,Apenas um Dia não deixa de ter seu mérito.A autora soube conduzir o livro com uma narrativa leve,onde não ocorrem grandes acontecimentos mas que prende a atenção do leitor até o final com personagens bem estruturados e diálogos interessantes.Acredito que seja um livro voltado para o público juvenil mas que com certeza agrada a qualquer tipo de leitor.

Agora é ler a continuação e torcer para que seja boa como esse livro.

Resenha de João Soares

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here