Amor Imortal – Ana Carolina K.J.

1
734

Sinopse: Após a morte de seu pai, Anna Bonnier tenta recuperar um pouco de sua felicidade ao viajar para uma estação de esqui com sua melhor amiga, Loreta. Entretanto, o que era para ser um simples passeio, acaba por se tornar um desafio sobrenatural.
Anna conhece o enigmático Raziel e percebe uma forte conexão que vai além da realidade, sobretudo quando descobre que o sentimento que tem por ele atravessa os séculos.
Aos poucos, a proximidade que constroem juntos traz novos riscos. O relacionamento amoroso que ela sempre desejou pode desaparecer de forma trágica, assim como o homem que abriu seu coração.

Passado, presente e futuro caminham juntos nessa emocionante história de amor e sedução, em que a realidade é capaz de alterar, a qualquer momento, o destino de cada um deles.


 Resenha:

“Você lutaria contra forças que nunca imaginou existir para ficar com o amor da sua vida?”

Essa frase define bem a trama de “Amor Imortal”, um romance com uma pegada sobrenatural que conta a história de Anna e Raziel, um amor que desafia os limites da vida, isso porque Anna já viveu o amor ao lado de Raziel em outras duas vidas. Porém esse amor foi interrompido com assassinato da heroína pelos inimigos de Raziel. Agora o tempo lhes deu a chance de recomeçar, mas os perigos ainda são os mesmos.

A autora trabalha com uma rica mitologia sobre anjos e demônios criando um universo muito atrativo para o leitor e dando margem para uma emocionante disputa dualista que proporciona batalhas que enriquecem o cenário da trama.

A construção dos personagens seduz o leitor, isso porque o Nephilim é um boy que todo mundo gostaria de ter e Anna está longe de ser a mocinha enjoadinha que precisa ser salva a todo momento. É possível notar o crescimento e o amadurecimento dos mesmos a cada página. A personagem Loreta se encarrega de garantir o bom humor da trama, o que faz bem.

Narrativa em primeira pessoa é leve e dinâmica, logo o ritmo de leitura é acelerado. O excesso de romantismo acaba deixando alguns trechos bastante clichês, porém a autora soube dosar isso intercalando com cenas de tensão sexual que acabam quebrando o clima de romantismo ao extremo.

“… O Vínculo que eu tinha com Raziel era algo além da minha compreensão, um laço eterno que se desfazia cada vez que eu morria…”

 A narrativa também trabalha com diferentes tempos, trazendo muitos episódios do passado, como “flashbacks” que se mostram uma excelente ferramenta para manter o ritmo de leitura.

A editora caprichou na edição, merecidamente pois a autora também caprichou em seu cuidado na escrita, recheando-a com citações em latim. Recomendo a leitura para quem curte um romance sobrenatural.

 Resenha de Andreza Amarante, resenhista do Arca Literária e colunista do blog Letras com Cafeína

Um comentário

  1. Que resenha bacana! Muito obrigada pelo apoio e carinho! Adorei o seu blog, bjs – Ana Carolina KJ

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here