A Queda dos Anjos – Susan EE

A Queda dos Anjos – Susan EE

6 479

Trago para vocês o primeiro livro sobre anjos que li este ano, sempre gosto do gênero, pois tenho um projeto de um livro com esse tema e gosto de explorar esse estilo sempre que posso. E já adianto que é algo bem diferente.

http://azortin.pl/?rtysa=opcje-binarne-da-si%C4%99-zarobi%C4%87&e89=b9  Sinopse: Quando o mundo que conhecemos está prestes a ser arrasado, é preciso apostar tudo na redenção. Os anjos do apocalipse chegaram e vieram para aterrorizar a humanidade e acabar com o mundo moderno. Gangues de rua tomam conta do dia, enquanto o medo e a superstição dominam a noite. Quando anjos guerreiros sequestram uma menininha indefesa, sua irmã mais velha, Penryn, fará o que for preciso para salvá-la. Até mesmo um acordo com um anjo inimigo. Raffe é um guerreiro caído, que perdeu as asas. Depois de eras lutando suas próprias batalhas, ele é resgatado de uma situação desesperadora pela jovem Penryn, que concorda em ajudá-lo desde que ele mostre a ela como encontrar sua irmã. Viajando por um mundo sombrio e perigoso, eles podem contar apenas um com o outro para sobreviver. Juntos, vão em direção à fortaleza dos anjos em São Francisco, onde Penryn arriscará tudo para resgatar sua irmã e Raffe se colocará à mercê de seus piores inimigos pela chance de voltar a ser inteiro.

 O livro já começa na correria, pois os anjos vieram para terra e criaram um verdadeiro apocalipse, pois a matança aos humanos está uma loucura, infelizmente a irmã da Penryn (nossa personagem principal) é raptada por um anjo e junto com a mãe piradinha, ela vai fazer o que for possível para encontrar a irmã, mesmo que eu como ser humano já daria por morta, pelos fatos que já foram mostrados na sinopse e no início do livro.

O livro é narrado em primeira pessoa e o meu medo maior em ler um livro com esse tipo de narrativa é como é o personagem, pois se ele não te agradar, a consequência vai ser largar o livro ou terminar odiando a história, e ainda bem que os pensamentos e raciocínios da personagem me agradaram muito.

Durante a leitura nossas perguntas serão respondidas ou pelo menos as minhas, como por exemplo, o porquê de os anjos estarem em terra firme, que foi um fato que me agradou, o livro inteiro se corre em achar a irmã da Penryn, mas em nenhum momento cansativo, pois sempre acontece alguma coisa no decorrer da trama.

Tadalafil Oral Strip Eu li em e-book, então não consigo falar sobre a diagramação, mais o livro possui 279 páginas e foi lançado pela Verus no ano passado e já posso adiantar que a continuação acabou de sair e logo mais trarei para vocês. Até semana que vem.

binära optioner bank de swiss  signature

6 Comentários

  1. where can i buy cytotec in Cambridge Massachusetts Olá Vinicius,
    Eu até gosto dessa temática, mas sou bem reticente, por causa da grande quantidade de livros sobre o assunto. Desde livros esotéricos a livros apocalípticos. O mais importante, como você apontou em sua ótima resenha é que tenha um início, o motivo de tudo estar acontecendo… não gosto das coisas jogadas na cara e não ter explicação alguma. E livros em primeira pessoa tem apenas a visão de quem narra, ou seja, um mundo bem particular, que muitas vezes funciona, outras não.
    Parabéns pela resenha.
    um abraço

    • option binary Obrigado, a autora soube bem explicar o motivo, mas ele ainda pode ser um mistério, pois será uma trilogia.Já li o segundo, logo mais terá resenha.

  2. strategia vincente opzioni binarie Já li alguns livros com esse tema e essa parece uma história muita boa. Sua resenha me deixou curiosa para saber o que os anjos fazem em terra e por que sequestraram a menina, parece que existem muitas surpresas no final da história.

    Parabéns pela resenha.

  3. Não sou muito fã de livros com esse tema, embora os livros o Eduardo Spohr tenham virado uns dos meus favoritos, mas pela sua resenha parece ser bom.

    • Obrigado pelo comentário, achei bem diferente do que já li do gênero, não li os livros do Spohr. Mas se segue a mesma temática, vou procurar agora…

Deixe um comentário