A menina que media as palavras – Luis Dolhnikoff

0
652

Sinopse: A menina que media as palavras – Em A menina que media as palavras, o poeta Luis Dolhnikoff constrói com poemas-diálogos uma cativante conversa entre a menina Elvira e seu amigo “coloridão, bonachão e grandalhão”. Com grande beleza sonora e instigantes jogos de sentido, leva os pequenos leitores a descobrir a razão do nome das coisas, partindo da discrepância entre o tamanho delas e o tamanho das palavras que as designam – além de apresentar um olhar peculiar sobre os aspectos biológicos da turminha que habita este livro singular. Para as ilustrações, contou com o extraordinário trabalho do premiado ilustrador Guilherme Zamoner, que materializa Elvira e seu amigo, além de todo um mundo habitado por seres e coisas que são, ao mesmo tempo, conhecidas e inusitadas. Para isso, abusa de detalhes e constrói cenas divertidas e curiosíssimas, repletas
de intrincadas traquitanas. A menina que media as palavras proporciona às crianças um contato maravilhoso – e verdadeiramente raro – com a linguagem poética.


Resenha: “A menina que media as palavras” é um livro de poemas. Mas não é simplesmente um livro de poemas. Entendeu? Não? Vou explicar direitinho ok? 😉

 Luis Dolhnikoff escreve este livro para sua filha Clara que como toda criança tem dúvidas e ideias mirabolantes sobre o significados das palavras. E este livro brinca com estes questionamentos e concepções extraordinárias produzidas por nossas crianças.

 Um jogo de palavras muito bem estruturado. Diagramação muito bem feita, imagens coloridas e cheias de significados. Um livro que apesar de ser de poemas é de fácil leitura e compreensão por parte do leitor e das crianças ouvintes.

 Tenho uma pequena de 5 anos que também se chama Clara e que ao ler este livro ficou cheia de ideias e se alegrou bastante com muitos dos poemas. A ex:

 ”Meninas fazem pipi sentadas

Meninos fazem pipi de pé…”

  O livro conta a história de uma garotinha questionadora e seu amigo grandão e bobalhão. Narra suas descobertas o porque das palavras seus conceitos mesmo que a principio gerem mais questionamentos.

 Tive muito prazer em lê-lo, mais ainda em contar a história para minha filha. Um livro prazeroso, cheio de descobertas mas acima de tudo é um livro que esclarece brincando questões importantes para o desenvolvimento e reconhecimento social do pequeno indivíduo.

 ”Mas isso não importa nada

Se ninguém fizer pipi no pé”

 Elvira é o nome da menina. Uma menina que de tão curiosa ficou meio confusa pois tentava de qualquer forma esclarecer os porquês do mundo. “A menina que media as palavras” é um livro que brinca com as palavras, são poemas curtos e muito sugestivos capazes de encantar a todos os seus leitores.

Resenha de Ceiça Carvalho

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here