A Linguagem do Amor – Lola Salgado

0
342

Esse é um daqueles livros que você começa a ler já com o seguinte pensamento: será que é tudo isso mesmo que estão falando? Bem, essa era a frase que martelava em minha cabeça antes de iniciar a leitura do e-book e posso garantir que realmente A Linguagem do Amor é tudo isso e muito mais, que realmente o estardalhaço causado nas redes sociais pelos leitores fez jus ao conteúdo do livro. É a primeira vez que tenho contato com a escrita da autora nacional Lola Salgado, o livro A Linguagem do Amor nos apresenta uma comédia romântica que vai te deixar vidrada na leitura e proporcionar diversas risadas, assim como nos apresenta um pouco de drama onde te fará querer entrar no livro e esganar alguns personagens.

No livro somos apresentados a Rebecca, uma jovem de 17 anos que se muda para outra cidade em busca do seu grande que é se formar em Letras para que depois possa trabalhar em uma grande editora; mas acima de tudo provar para si mesma e para todos que ela não é igual sua mãe. Rebecca foi criada pelos seus avós, ela nunca teve o amor de sua mãe que sempre a culpou por tudo de errado que aconteceu em sua vida.

Adônis é um professor de Produção Textual, mais temido e conhecido pelos universitários como “carrasco” por ser uma pessoa autoritária, mal humorada e tirana. O que todos não sabem é que Adônis esconde-se atrás dessa capa de carrasco devido a um acontecimento do passado que marcou para sempre sua vida e seu destino.

Em Maringá Rebecca passa a dividir o apartamento com Arthur e Nataly, eles são assim como ela universitários da UEM. Para surpresa desagradável de Rebecca logo que ela chega escorrega na escada e ainda no chão é insultada por um morador lindo e ogro ao extremo. Após a confusão da escada, Rebecca tem a infelicidade de chegar à sala de aula e descobrir que o seu novo professor de Produção Textual é nada mais que o seu vizinho ogro e o carrasco no qual ela já havia sido alertada pelos seus amigos.

              “Há uma coisa que a minha avó sempre disse para me animar e eu levava comigo para vida inteira: os momentos ruins serviam para intensificar os bons!”

A história entre Rebecca e Adônis começa de uma forma nada convencional, mas engraçada ao mesmo tempo; pois o professor continua com suas grosserias e ela com sua personalidade continua enfrentando o seu mau humor.  Depois de muitas implicâncias e acontecimentos nada  amável entre ambos, Rebecca percebe que está apaixonada por Adônis que por sua vez até tenta resistir por um longo tempo mas acaba cedendo aos encantos dela.

              “- O problema, donzela, é que tranquei o meu coração. E ele está fechado há muito tempo. Eu já não sei mais como abri-lo e nem posso.”

Desde o início Adônis deixa bem claro para Rebecca que tem seus objetivos e que em breve estará indo embora do Brasil em busca de seus sonhos, ela por sua vez entra nesse relacionamento com a esperança de que ele possa mudar de planos. Os dois passam a ter um relacionamento as escondidas e com o tempo Adônis muda suas atitudes deixando todos de boca aberta quanto a sua mudança. Rebecca se entrega a esse relacionamento mesmo sabendo dos planos futuros de Adônis, ele por sua vez abre totalmente o seu coração para donzela e mesmo com seus objetivos ele vive intensamente e de uma forma emocionante ele volta a ser um homem feliz no qual havia deixado de ser. Será que o amor entre eles irá falar mais alto? Os traumas do passado serão de alguma forma curada por esse relacionamento?

               “Como tudo na vida é um grande ciclo. Assim como a felicidade não dura para sempre, a tristeza também não, embora seja fácil esquecer isso. A dor tende a aparentar não ter fim, mas isso não muda o fato de ela ser, sim, finita. E depois de uma tempestade os raios de sol brilham com o dobro de intensidade.”

A Linguagem do Amor é um livro com uma história muito bem construída e desenvolvida, apesar do sofrimento dos personagens temos também uma grande lição no decorrer dos capítulos. O livro aborda vários temas como virgindade, homossexualidade, rejeição; entre outros. Apesar de apresentar um romance entre aluna e professor, posso garantir que esse não é o foco do livro. A diagramação foi um show a parte onde em cada início dos capítulos somos surpreendidos com trechos de músicas maravilhosas, os capítulos em sua grande maioria foram narrados pela Rebecca e tivemos alguns narrados pelo Adônis também. Esse é um daqueles livros que faz você perder a noite de sono enquanto não termina a leitura, onde cada capítulo nos prende mais a história. O livro nos mostra várias referências sobre Star Wars tanto que o apelido dado por Rebecca ao Adônis é Chewbacca, sendo esse o único ponto que não me agradou.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here