A Guerra dos Fae – As Crianças Trocadas – Elle Casey

0
881

Sinopse: Jayne Sparks, rebelde e língua afiada de dezessete anos e seu melhor amigo, tímido e estudioso Tony Green tem uma existência muito típica de escola secundária, até que vários incidentes aparentemente não relacionados convergem, causando uma cascata de eventos que mudam suas vidas para sempre. Jayne e Tony, junto com um grupo de adolescentes em fuga, são sequestrados e enviados para uma floresta, onde nada e ninguém são o que parecem. Quem sairá triunfante? E o que eles serão quando o fizerem?


Resenha: Quando comecei a ler o livro pensei:

– Vou ficar presa numa trama adolescente em uma escola.

Nada contra algo assim, mas estava precisando de uma boa aventura.  E conseguiu uma das boas com a Guerra dos Fae, As Crianças Trocadas.  O livro tem um ritmo rápido, te deixa curioso e ainda te faz sorrir e pensar em coisas sérias, enquanto te envolve numa aventura bem diferente.

Tudo começa aqui, no nosso mundo previsível e chatinho. Jayne é uma jovem que não se encaixa por mais que tente. Ela tem um bom coração e muita coragem, é desbocada e não tem medo de enfrentar o perigo para salvar os amigos. Vai para a escola sem cadernos e tenta passar por tudo viva e inteira, mas a escola pode ser um desafio se você é diferente e tem como amigo um cara nerd, chamado Tony Green.

Ou Tonny Panetone, como a Jayne adora chamá-lo. Eles moram na Florida e tem problemas típicos da adolescência.  Tudo fica complicado quando Jayne para defender Tonny  briga com o valentão da escola, o Brad. A coisa fica séria quando Tonny resolve defender sua amiga e puxa uma arma da mochila.

Dai em diante tudo muda. Tonny e Jayne se unem e segredos dolorosos são revelados e a fuga é a única escolha. Juntos, com pouco dinheiro e sem rumo eles chegam a Miami.

Grudei no livro e não soltei até que os dois ficassem em segurança.  Mas felizmente algo de bom aconteceu eles encontraram o Jared Bloodworth.

E se uniram a turma do Jared. Um grupo de adolescentes sem casa, vivendo em um galpão abandonado, com pouco e muito. Unidos pela rua, por estarem sozinhos. Aqui percebi quantos jovens passam por algo assim.

São engraçados, cheios de talentos e famintos. Dividem a comida e o teto precário. Mas não é um livro dramático sobre crianças de rua. É pura aventura. Atentos a oportunidades eles participam de uma seleção promovida por uma empresa para ganhar ao final do teste uma boa quantia em dinheiro. A turma do Jared vai participar. Comida de graça e promessa de dinheiro vivo, é algo raro. Jayne e Tonny desconfiam, mas participam. A maioria passa nos testes e logo a turma inteira esta num avião indo para um local de treinamento.

Insólito, não achei? Mas nem tudo que brilha é ouro e coisas estranhas acontecem. Depois de dopados despertam em uma floresta e precisam ficar juntos e vencer uma serie de obstáculos para ficarem vivos. O jogo é de vida e morte. Aviso, isso aqui passa longe da distopia do livro Jogos vorazes.

 Na floresta existem criatura estranhas, místicas com poderes mágicos e sombrios. Adorei cada minuto da leitura e já parti para a continuação. Jayne é uma personagem carismática e enquanto nos narra a aventura nos faz ri, e chorar. Uma aventura sobre amizade, poder, autoconhecimento e amor.

Adorei todos os personagens, todos tem algo bom para oferecer e as surpresas ao longo da leitura. Houve um momento no livro quando Jayne abraçou uma árvore, que me identifiquei muito. É, eu já abracei uma árvore. E você já tentou? Leia o livro e vai entender.

Resenha de Nazareth Fonseca, resenhista do Arca Literária e do blog Alma e Sangue

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here