A Guerra dos FAE 04 – Nova Ordem Mundial

0
831

Sinopse: Jayne e seus amigos estão numa encruzilhada, tendo que enfrentar a batalha final que decidirá a formação da nova ordem exigida pelo mundo sempre em guerra entre os Fae da Luz e da Escuridão. Jayne se encontra numa encruzilhada não somente no terreno da estratégia e da magia, mas também do coração, que está dividido entre seu anjo da guarda e seu amigo íncubo, Chase e Spike. Acontecimentos inesperados darão um toque surpreendente de romantismo e lágrimas neste último volume da “Guerra dos Fae”.
Surpresas após surpresas são mantidas até o final, que será ainda mais surpreendente para os fãs da insolente e destemida Jayne. E estão de volta o bom humor com o pixie Tim e suas palhaçadas, bem como todos os perigos de um mundo onde de cada personagem ou situação pode brotar uma revelação inesperada, exigindo novas lutas e difíceis adaptações.
O mundo de aventuras de Elle Casey em “A Guerra dos Fae” tem aqui um encerramento apoteótico e brilhante.


Resenha: Finalizar a leitura de uma série de livros é algo emocionante. Foi com grande alegria e já sentindo saudade, que finalizei o último livro da série A Guerra dos Fae, Nova Ordem Mundial. Foi uma aventura incrível por um mundo cheio de magia, surpresas, reviravoltas.

No quarto volume encontramos uma Jayne ainda desbocada, durona, no entanto, amadurecida por eventos bons e ruins. Ela e seus amigos tiveram de enfrentar o desafio maior, que era crescer entre uma guerra com os Fae das Trevas e uma nova ameaça que se apresentou. Essa ameaça, que não vou dizer qual é, para não estragar a surpresa.

Tal ameaça vai fazer com que os Fae da luz e das trevas repensem suas posições.

O confronto que finalizou o livro três, Luz e Trevas, trouxe consequências dolorosas para os Fae da Luz e das trevas também. Jayne mudou e seus poderes extrapolaram barreiras e deixaram marcas, principalmente nela. O verde dá e tira na mesma medida e ela aprendeu isso de modo doloroso.

Novos personagens aparecem e vamos descobrir segredos sobre Chase e Tim. Fiquei surpresa e comovida em alguns momentos e esperançosa para que tudo desse certo. E deu, na medida do possível.

O relacionamento de Jayne e Chese cresce e temos que enfrentar a realidade, quem Jayne vai escolher? Spike ou Chase? Sei lá, ficar sozinha e buscar seu próprio caminho?

Isso tudo fica distante quando Tony e Jayne recebem e-mails estranhos sobre seus pais. Algo está muito errado e eles precisam voltar e descobrir o que realmente esta acontecendo longe do mundo dos Fae. Um inimigo cruel e que sempre esteve muito perto vai se revelar e as consequências serão difíceis de enfrentar.

Chorei com Jayne e me senti muito impotente. Tive vontade de jogar o livro na parede, um hábito antigo, quando tenho de lidar com emoções fortes. Sorte ela ter ao seu lado Tony, Tim, Chase, Céline e ate mesmo Ben. É, ele mesmo, aquele Fae das trevas bonitão que fez o coração da Jayne bater mais forte de medo e raiva.

Algumas coisas mudam, outras jamais vão mudar. Mas essa é a beleza de estar vivo sendo mortal, imortal ou Fae.

Devorei os quatro volumes e me senti recompensada no final. Entrei em um mundo e sai por outro. O famoso entrou por uma porta e saiu por outra. O que faz muito sentido quando o complexo dos Fae da Luz é cheio de mistérios e portas magicas. Gostei do final, achei muito assertivo diante de tudo que os Fae terão de enfrentar.

Cada livro tem em si tem uma aventura que se liga as demais nos fazendo acompanhar uma turma de personagens inteligentes, doces, corajosos, cheios de facetas e em alguns casos apaixonantes, engraçados. Vou sentir saudade da turma do Jared, mas sempre vou fazer parte dela.

Amei cada minuto e página, ficou gravada em meu coração e para sempre na minha memoria. Minha nota? Cinco beijos mordidos!

Adquira toda a coleção no site da Geração Editorial

Resenha de Nazarethe Fonseca, resenhista do Arca Literária

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here