A Garota do Calendário – Abril – Audrey Carlan

4
920

Li a série inteira no ano passado, possui doze volumes, cada livro é chamado pelo mês vivido pela personagem e é bem hot. Estou falando da série “A Garota do Calendário”. Essa resenha será sobre o quarto volume que leva o nome de “Abril”.

 Sinopse: Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser… O cliente de abril é o astro do beisebol Mason Murphy, de Boston, que precisa de Mia a seu lado para melhorar sua imagem com os patrocinadores. Mason não está acostumado a ouvir “não” de mulher alguma, e Mia vai representar o desafio supremo para ele.

O cliente deste mês se chama Mason, no livro ele é um famoso jogador de beisebol, com intuído de melhorar sua imagem (que na minha opinião é a desculpa mais fraca para levar Mia até o personagem) ele contrata os serviços da Mia por um mês.

 Mason na minha visão é muito mimado, o problema central é que ele é uma pessoa difícil de lidar, ele não aceita ouvir não, está acostumado a ter sempre tudo o que quer. Tive a impressão que Mia passou a enxergá-lo mais como um irmão mais novo. Com isso ela vai mostrar para ele até que ponto as pessoas devem ser mandadas, achei isso bom na história, novamente não teremos sexo com o cliente. Mas um ponto positivo, pois como já disse: acredito que essa serie não é apenas sexo.

 Eu li o físico, é tem bem diagramado, tem apenas 160 páginas, foi lançado pela Verus no ano passado de dois volumes por mês. Dei 4/5 estrelas no Skoob, por que o cumpri com o que é proposto e quando descobri algo do Mason, eu torci muito para dar certo.

  Acompanhei todos os lançamentos, e confesso: torço muito para a Mia ficar com o Wes, o homem apresentado no primeiro livro, creio que realmente é amor. As resenhas dos volumes anteriores já estão disponíveis aqui no Arca.

signature

4 Comentários

  1. Essa série de livros me lembra um pouco a Série de Tv The Client List. Gostei da resenha, mas acho que chegar até dezembro vai ficar cansativo kkkkkkkk

  2. Tenho acompanhado suas resenhas sobre essa série e já vi você falar antes sobre o Wes, parece ser um daqueles personagens super legais. Parabéns pela resenha, a série parece ter uma história bem interessante.

    • A historia dos livros são boas, o Wes é meu personagem favorito, por isso o enfoque. rsrs

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here