A Fórmula do Sorteio – Gil Vasconcelos

0
555

O que você faria se conseguisse acertar os números da mega sena, sozinho? Ou até mesmo dividir a bolada com mais um ou dois outros acertadores? E mais: o que faria se tivesse em suas mãos a fórmula que te possibilitasse acertar os números dos diversos tipos de jogos semelhantes, não só aqui no Brasil mas também em outros lugares espalhados por todo o planeta? Tentador, né?

O livro que iremos apresentar nessa resenha nos mostra essa possiblidade. Trata-se de A Fórmula do Sorteio, história escrita pelo autor Gil Vasconcelos e que foi publicada no ano de 2016 pela Editora Autografia. Possui 172 páginas. Pela dinâmica em que se desenvolve dá pra ler em um ou dois dias, tranquilamente.

O jovem Diego é muito crânio na matemática. Concursado, trabalha na Caixa Econômica Federal.  Sua facilidade em lidar com números é explicada. Ele é portador de Sinestesia Numérica. Sinestesia é um distúrbio neurológico que faz com que o estímulo de um sentido cause reações noutro, criando uma mistura sensorial entre os órgãos. No caso do personagem citado, ele possui uma percepção hiper aguçada para números e fórmulas que o ajudam a raciocinar muito rapidamente a cerca de muitas coisas. Na maioria de suas falas, ele termina a frase dizendo 123.

O sonho do Diego é receber a Medalha Fields, uma espécie de Prêmio Nobel da Matemática. Para alcançar tal feito, o rapaz tenta a todo custo concluir a fórmula que desvenda os segredos dos números sorteados na mega sena e também em outros jogos. E depois disso apresentá-la num evento onde a tal medalha poderá lhe ser conferida.

Só que algo acontece e os planos do jovem podem não ter o final almejado…

Em uma visita ao psicólogo que o acompanha desde a adolescência, Diego expôs para ele a tal fórmula, e escreve num papel a sequência das três próximas combinações que serão sorteadas. Esse papel acaba parando nas mãos de Chico Treva, um bandido muito esperto e também muito perigoso. Ele anda sempre acompanhado de Pablo, uma espécie de guarda costas particular e comparsa.

No decorrer da história iremos descobrir que as ligações entre Diego e Chico são muito fortes, e remonta aos antepassados do garoto.

Depois que o bandido tem acesso aos números, as coisas ficam muito difíceis para o jovem Diego e sua vida passará por uma turbulência enorme. Ele passa a ser procurado pela Polícia Federal, pelo Governo, e também por grupos internacionais. Acusado de estelionato, fraude, e formação de quadrilha, ele precisa esconder-se para não ser preso, e ao mesmo tempo provar a todo custo sua inocência.

O livro apresenta outros personagens que possuem importância na vida do rapaz: Jota, seu amigo e colega de trabalho; D. Lourdes, sua mãe; sua avó, carinhosamente chamada de Vovó Mami, e Ceiça, namorada do Diego.

No que diz respeito ao conteúdo, é uma boa história. Tem sequência lógica. Não é cansativa. Possui momentos de ação, tensão e mistério. Por se tratar de uma temática diferente, a sinopse desperta curiosidade e o livro não decepciona. O final me causou surpresa; era algo que sinceramente eu não contava.

Tenho uma observação. Existe algumas falhas no tocante a qualidade gráfica. Notei algumas palavras escritas erradas e alguns termos sem concordância verbal. Também há alguns erros de pontuação que podem prejudicar a compreensão do texto. Acredito que o autor e a editora já possuem ciência do fato e certamente numa nova edição esses pequenos erros serão corrigidos.

signature

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here