Antologias publicadas no ano de 2018

0
728

Em Nome de Deus:  Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor. Romanos 8:38-39

Em Nome de Deus:  Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Romanos 8:38-39

(Skoob)

 

 

 

Síndromes – Contos psicológicos: Em Síndromes, os autores nos levam a refletir sobre os distúrbios psicológicos mais comuns na atualidade, mentes afetadas em agonia e sofrimento constante. Ainda recriam com destreza, a realidade interna de personagens vítimas de transtornos, que os obrigam a viver em uma montanha-russa de emoções.

(Skoob)

 

Para maiores de 18: Quando a libido aflora, o que pode ser considerado normal? Respeitando a maturidade e os desejos individuais, nada é proibido. Qualquer manifestação é resultado dos desejos e das aspirações pessoais. Alguns agem com grosseria, outros são mais ternos; alguns preferem o sexo selvagem, outros, carícias delicadas. E você? Tem sua preferência ou assume comportamento voraz, que seja eterno e terno como cada um desejar? Limita-se ao que é tradicional ou se aventura pelas raias da paixão sem se importar em cometer loucuras e devaneios? Seja como for, liberte sua imaginação e mergulhe no delicioso mundo das sensações eróticas e crie a história que irá encantar seus leitores. (Skoob)

Abusos: O relacionamento não tem de ser destrutivo ou tóxico. Relações amorosas, de amizade, fraternas, etc., sofrem nuances, no entanto, existe um limite que mostra o quão
desajustado estar a relação, sob o desequilíbrio massacrante.
Relacionamento abusivo é como um ciclo destrutivo capaz de gerar campos minados para quem sobre os abusos. Nessas relações ninguém está feliz e ninguém é capaz de transmitir segurança ou felicidade. É com essa premissa que apresentamos os contos antológicos de Abusos onde
cada autor conta, pelo seu ponto de vista, ou por experiência própria, nuances desta agressão em que ninguém sai ganhando. (Skoob)

Ana – um conto de fadas: “Nem tudo na vida são flores, algumas são espinhos e outras uma sequência desordenada de deslizes para um denominador comum: finais felizes.
Varias versões de uma mesma mulher que nasceu ou se tornou princesa de alguma forma podendo agraciar sua cabeça com uma bela tiara e seu coração com o mais gentil dos homens!
Um mundo justo, amigos fiéis, batalhas por poder ou por amor.
Todo conto de fadas começa com “Era uma vez” e o de Ana não poderia ser diferente.
Era uma vez, uma princesa chamada Ana…” – por Thais Caldeira (Skoob)

Copas: Um Rei, um Valete e uma Rainha: Uma Dama com o coração carregado de incertezas e os sentimentos à flor da pele, um soldado, astuto e feroz, um rei com uma mente brilhante e desejos incontroláveis. Quando o amor entre eles começa a surgir pode estragar tudo, levando a monarquia ao declínio, o reinado à devastação e algumas cabeças, direto para a guilhotina.
Pessoas unidas ou separadas, mas com um objetivo comum, manter sua posição na sociedade. Uma história emocionante, contando diferentes versões deste maravilhoso triângulo. (Skoob)

Um Grito no silêncio: E se todas as mulheres do mundo pudessem falar e dar voz a outras mulheres que ainda não podem, seja por medo, vergonha ou simplesmente porque não querem? E se cada mulher pudesse ajudar a outra estendendo sua mão e fazendo perceber que muitas vezes aquilo que te aflige pode ser, também, a aflição da outra?
Um grito no silêncio traz histórias de várias mulheres nas mais diversas situações que conseguiram de alguma forma, superar seus problemas pessoais, de assedio ou até mesmo de identidade.
Bem vindos a esta brilhante narrativa que pode mudar vidas! (Skoob)

As Faces do Horror: Esta antologia -e um relato de cada autor participante, executando sua escrita trevosa. Mostrando seu lado negro para o público leitor. Cada um de nós temos um pouco de trevas em nossas almas, faz parte da existência do ser humano. Não se engane, o horror não é algo que se passa apenas em nossas mentes ou que sentimos ao assistir algum filme ou ler um livro do gênero. Ele está vivo e ao nosso redor, transmutado em metáforas de medos sociais ou em alguns de nossos próprios feitos…
Reze suas preces e venha conferir “As faces do horror”. (Skoob)

 

Diário de Lúcifer – microcontos de terror: “Alguns procuram o demônio nas trevas, onde creem que ele habita. Imaginam um ser sobrenatural, não humano. Na verdade, vivo nas trevas profundas do próprio ser humani e, de tempos em tempos, ressurjo diante da humanidade. A história já nos mostrou isso muitas vezes. Deus vos proteja. Amém” Tito Prates (Skoob)

 

 Meu lado serial Killer: São seres humanos loucos ou cruéis?
Serial killer é a denominação de uma pessoa criminosa com perfil psicopatológico que comete assassinatos com uma certa frequência, seguindo o modus operandi, e não raramente, deixando sua “assinatura”.
Boa parte destes criminosos tem um bom perfil social: respeitáveis, bem-sucedidos, aparentemente afáveis. Alguns foram descobertos e presos pelos seus crimes. E muitos ainda estão camuflados na sociedade.
Nesta antologia os autores irão discorrer seus contos a partir de histórias reais de Serial Killers, levando como base o modus operandi. (por: Fernando Mello) (Skoob)

 E se um dia você acordasse com a iminência de um futuro incerto, sabendo que o mundo acabaria em questão de meses ou anos, e que dentro de cinco ou dez anos nada mais existiria? Fazendo uma análise mais profunda, perceberia que tudo que construiu em sua vida cairia por terra, e que seus projetos futuros não teriam mais sentido.
Quem um dia nunca parou para pensar sobre o fim do mundo e como faríamos para fugir de uma profecia relatada nos livros sagrados? Todos por certo já devem ter passado por esse tipo de reflexão. Difícil imaginar um mundo distópico, por exemplo, retratado nos filmes de ficção científica, ou a invasão de seres aterrorizantes como animais enfurecidos ou zumbis.
Diante de reais ameaças de um apocalipse, esta coletânea de textos irá abranger uma gama de possibilidades que colocaria o mundo em ruínas, declínio ou sua autodestruição. Aquecimento global, tsunamis, eventos catastróficos incontroláveis, guerras, escassez de água, invasões extraterrenas, epidemias, ameaça de asteróides chocarem com a terra ou a morte de nossa estrela. A humanidade sobreviveria diante de alguns desses eventos? Caminharíamos para o nosso fim? Poderíamos repelir alguns dos acontecimentos? Com vários pontos de vista, a antologia nos fornecerá perspectivas e algumas respostas, se é que realmente há respostas para todas as questões. por: Maleno Maia (Skoob)

Segundo crenças dos antigos, os fenômenos sobrenaturais como barulhos estranhos dentro de casa, objetos se movimentando, sombras humanas pelas paredes, aparições sinistras, vozes e risos macabros, acontecem exatamente a meia noite. Quem nunca sentiu um arrepio de medo ao ouvir as doze badaladas de um relógio?
Porém, outra hora da noite é muito mais aterrorizante, assustadora, macabra! São as 3h33min, a hora do Demônio. Nessa hora, os demônios passeiam livremente pela Terra, incansavelmente, buscando a quem devorar, zombando dos anjos e dos homens.
Essa antologia vai testar o limite de seus nervos, de sua coragem, de sua fé, cada autor irá narrar acontecimentos que vão deixá-lo de cabelos em pé, suas noites nunca mais serão as mesmas. Não acorde, não levante, não respire. Bem-vindo às 3h33min, a hora do Demônio! (Skoob)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here